34.3 C
Brasil
terça-feira, 27 julho 2021
HomePolítica & PoderPaulo Guedes analisa os desacertos como uma forma de preservar a responsabilidade...

Paulo Guedes analisa os desacertos como uma forma de preservar a responsabilidade fiscal

O orçamento de 2021 ainda não foi sancionado pelo presidente, mas já foi Aprovado pelo Congresso, e o impasse junto coma redução de gastos tem gerado muitas discussões pelo aumento das emendas. De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, em sua declaração desta terça-feira (20), que assumiu os desacertos do governo, mas que eles serviram para encaixar o orçamento que o país tinha.

O orçamento para este ano ainda não foi totalmente liberado, o que o ministro considera um conjunto de ações para ajudar a preservar o teto de gastos e ter mais responsabilidade fiscal, principalmente com a situação da saúde que encontramos atualmente.

O orçamento previsto para 2021, já foi finalizado e aprovado pelo Congresso Nacional, mas agora espera para sanção do Presidente. O prazo se encerra nesta quinta-feira (22), e boa parte do impasse desse atraso, se deu pela redução que foi preciso fazer, devido as despesas obrigatórias.

Guedes e as preocupações com as emendas

Existem técnicos e uma equipe econômica que vem verificando o orçamento há algum tempo, de forma para que ele respeite o teto de gastos, mas o ministro mostra suas preocupações com o aumente das emendas. Segundo Guedes, alguns gastos dos próprios ministérios deverão ser cortados ou bloqueados para não comprometer a situação do governo de oferecer aos serviços públicos.

- Continua Depois da Publicidade -

Leia mais: Auxilio emergencial deve ser pago somente em abril

O congresso vem cobrando por um compromisso de preservar as emendas, mas dentro do orçamento de 2021, que já foi aprovado pelo Congresso, há algumas mudanças sobre as diretrizes que aprovam essas despesas orçamentárias. Principalmente sobre as que não estejam dentro dos gastos necessários.

É possível que créditos extras sejam alterados, e boa parte dessa reserva do orçamento seja transferido para os fundos que estão mais necessitados como o enfrentamento da covid, auxílio emergencial, Pronampe que socorre as pequenas empresas, e as despesas extras que forem mais urgentes e essenciais para esse momento crítico.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui