30.2 C
Brasil
sexta-feira, 30 julho 2021
HomePolítica & PoderPoliciais apontam “desprezo” de Bolsonaro e falam em protestos e paralisações

Policiais apontam “desprezo” de Bolsonaro e falam em protestos e paralisações

Policiais e áreas derivadas apontam o desprezo pelo presidente por não haver retirado a categoria da PEC Emergencial que foi votada nesta madrugada. Ela já havia sido aprovada em primeiro turno na semana passada pelo Senado. A emenda constitucional tem o intuito de viabilizar a volta do auxílio emergencial em quatro parcelas de R$ 250, injetando R$ 44 bilhões na economia. De acordo com com o “Jornais Contábeis “, a primeira parcela deve ocorrer antes do dia 18 de março. 

A UPB (União dos Policiais do Brasil) afirmou que o presidente da República trata os profissionais com desprezo e que o ato pode prejudicar a carreira dos mesmos. Assim como a Receita Federal, eles devem entrar em greve para que exijam mais mudanças. A Receita paralisou as atividades durante as entregas dos impostos de renda, um momento crucial para a economia brasileira. 

A UPB ainda publicou uma nota no site oficial em que convoca os funcionários para uma reunião hoje (10), às 10h da manhã no Hotel Kubitschek Plaza – Cobertura. Eles também convidam a imprensa para abordar a respeito do caso e mostrarem o parecer sobre a situação. 

Leia mais: Apoiadores de Lula criam memes depois da anulação das condenações

Quais os argumentos dos policiais?

- Continua Depois da Publicidade -

Os policiais usam como argumento que sempre tiveram que estar nas ruas, correndo o risco de contaminação pela Covid 19, assim como os médicos da saúde estavam correndo risco nos hospitais. De acordo com Paiva, os representantes da instituição se reuniram com Bolsonaro no domingo (07) em que o mesmo havia prometido que esses servidores não entrariam nas reformas. Apesar dos esforços do presidente, a Câmara e o relator não permitiram que o mesmo contribuísse com alterações. A emenda foi assinada e deve entrar em vigor com a volta do benefício. 

Leia mais: Compra de mansão por Flávio Bolsonaro é comunicada ao Coaf por cartório do DF

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui