25.8 C
Brasil
quinta-feira, 15 abril 2021
Home Política & Poder Política de armas de Bolsonaro provoca espectro de guerra

Política de armas de Bolsonaro provoca espectro de guerra

De acordo com Raul Jungmann, ex-ministro da Defesa no governo Temer, um observador bastante privilegiado que conhece como poucas pessoas a elite das Forças Armadas, observou que desde o tuíte do general Villas Bôas, que a Política de armas de Bolsonaro pode ser um grande risco.

O ex-ministro publicou uma carta aberta para o STF, e enumera todos os problemas que podem vir a acontecer. No documento, Jugmann fala sobre a intervenção do Supremo para suspender alguns decretos do presidente, que facilitam e desburocratizam o acesso de munição e armas de fogo para cidadãos comuns.

Entrevistas

A BBC News Brasil recebeu Jungmann para uma entrevista, onde os principais argumentos do ex-ministro foram sobre o quanto essa política de armas de Bolsonaro causa um espectro horripilante e de guerra com a população brasileira.

Durante a entrevista, o ex-ministro também afirmou que os pedidos para intervenção dos militares por alguns radicalistas, dão ainda mais suporte e apoio para o desvio constitucional, ou qualquer golpe que possa vir a interromper a democracia.

Quando questionado sobre as eleições de 2022, não conseguiu ver maiores problemas ou qualquer tipo de interferência vindo dos militares, seja por qualquer candidato ou para continuidade dele.

Leia mais: Haddad chama Bolsonaro de genocída: ‘por que não manda a política aqui’

Sobre o armamento

A questão da política de armas de Bolsonaro sempre foi um assunto de segurança pública. Enquanto algumas pessoas debatem sobre a violência, é preciso debater sobre o que pode acontecer com mais armas.

O Presidente da República inclui ideologias que dizem que é preciso armar todos para resistir e não perder a liberdade, mas não há ameaças sobre o país para algum tipo de tirania. Esse tipo de ameaça não pesa sobre o Brasil, e ainda que sob pressão, não há força política de relevância para entrar nesse jogo democrático.

A história nos ensina que sempre que houve armamento da população, houveram reboques e tiveram massacres de etnias, golpes, tirania, e até genocídio.

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui