30.2 C
Brasil
sexta-feira, 30 julho 2021
HomePolítica & PoderPolítica de armas de Bolsonaro provoca espectro de guerra

Política de armas de Bolsonaro provoca espectro de guerra

De acordo com Raul Jungmann, ex-ministro da Defesa no governo Temer, um observador bastante privilegiado que conhece como poucas pessoas a elite das Forças Armadas, observou que desde o tuíte do general Villas Bôas, que a Política de armas de Bolsonaro pode ser um grande risco.

O ex-ministro publicou uma carta aberta para o STF, e enumera todos os problemas que podem vir a acontecer. No documento, Jugmann fala sobre a intervenção do Supremo para suspender alguns decretos do presidente, que facilitam e desburocratizam o acesso de munição e armas de fogo para cidadãos comuns.

Entrevistas

A BBC News Brasil recebeu Jungmann para uma entrevista, onde os principais argumentos do ex-ministro foram sobre o quanto essa política de armas de Bolsonaro causa um espectro horripilante e de guerra com a população brasileira.

Durante a entrevista, o ex-ministro também afirmou que os pedidos para intervenção dos militares por alguns radicalistas, dão ainda mais suporte e apoio para o desvio constitucional, ou qualquer golpe que possa vir a interromper a democracia.

- Continua Depois da Publicidade -

Quando questionado sobre as eleições de 2022, não conseguiu ver maiores problemas ou qualquer tipo de interferência vindo dos militares, seja por qualquer candidato ou para continuidade dele.

Leia mais: Haddad chama Bolsonaro de genocída: ‘por que não manda a política aqui’

Sobre o armamento

A questão da política de armas de Bolsonaro sempre foi um assunto de segurança pública. Enquanto algumas pessoas debatem sobre a violência, é preciso debater sobre o que pode acontecer com mais armas.

O Presidente da República inclui ideologias que dizem que é preciso armar todos para resistir e não perder a liberdade, mas não há ameaças sobre o país para algum tipo de tirania. Esse tipo de ameaça não pesa sobre o Brasil, e ainda que sob pressão, não há força política de relevância para entrar nesse jogo democrático.

- Continua Depois da Publicidade -

A história nos ensina que sempre que houve armamento da população, houveram reboques e tiveram massacres de etnias, golpes, tirania, e até genocídio.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui