28.1 C
Brasil
quarta-feira, 4 agosto 2021
HomePolítica & PoderPrimeira prisão da CPI da Covid-19: o que aconteceu com Roberto Dias?

Primeira prisão da CPI da Covid-19: o que aconteceu com Roberto Dias?

Ontem (07), ocorreu a primeira prisão da CPI da Covid-19 após o depoimento de Roberto Dias. O presidente da comissão de inquérito havia dito que não aceitaria que as investigações virassem alvo de chacota e mandou prender Ferreira após ter sido acusado de oferecer propina para as negociações da Covaxin com o governo. 

O governo federal ignorou mais de 50 e-mails da Pfizer, que estava oferecendo doses a preço de custo, e depois disso, começou a negociar com a Covaxin que tinha valores mais caros e 50% de superfaturamento. Haveria a propina de US$ 1 a cada dose, mais de R$ 5 milhões a cada um milhão das 400 milhões que estavam sendo negociadas. 

De acordo com Roberto Dias, não houve nenhuma negociação de doses e encontrou o coronel Blanco no shopping por acaso, foi somente então que decidiram jantar no local. Entretanto, os e-mails provam que não foi isso que aconteceu. 

Pacheco e a CPI: Frouxo!

Bolsonaristas estavam pressionando para que houvesse a liberação de Dias e as Forças Armadas publicaram uma nota que acusava o Senado de genocídio. Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, demonstrou respeito e apoio, logo após isso foi chamado de frouxo ao não conseguir liberar Dias, que era o solicitado por bolsonaristas, e ao mesmo tempo ir contra a comissão de inquérito.

- Continua Depois da Publicidade -

Em suma, o ex-diretor da Saúde  pagou uma fiança de R$ 1,1 mil e pôde deixar a delegacia no mesmo dia depois da prisão. Ele foi levado após sete horas de depoimento no qual estava sendo acusado de mentir sobre o juramento. Nesta semana, na próxima sexta-feira (09),  a CPI deve contar com a presença do ex-governador do Rio de Janeiro que foi acusado de desvios de verbas que eram enviadas para os hospitais de campanha, se o mesmo mentir, pode também piorar a pena no qual deve ser condenado. 

Leita também: Bolsonaro deseja prisão perpétua para o assassino da creche de SC

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui