28.8 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomePolítica & PoderRelatores da ONU denunciam Bolsonaro por "segregação"

Relatores da ONU denunciam Bolsonaro por “segregação”

Os relatores da ONU enviaram um documento para o governo Bolsonaro em que pediam que fosse revogado o decreto que retirava a obrigatoriedade das escolas aceitarem crianças com deficiência. A lei foi sancionada em setembro de 2020. De acordo com eles, isso vai contra a inserção de alunos com deficiência nas escolas. 

O presidente Bolsonaro argumentou que esses alunos podem atrasar a classe. Entretanto, na maioria das cidades como Guabiruba, Santa Catarina, as escolas já possuem professores específicos para esses alunos. Dessa forma, a classe pode caminhar em seu ritmo enquanto o aluno recebe auxílio de um profissional que é dedicado a ele. 

Em suma, o decreto previa que houvesse a separação das classes e que alunos com deficiência estudassem juntos e não com outros. Para esses relatores da ONU, esse tipo de política prevê a segregação. Outro ponto levantado é que o governo não realizou uma pesquisa de público e que apenas 0,6% de todos os entrevistados eram pessoas com deficiência. Dessa forma, o formulário que criaram de forma online não foi o suficiente. 

Contra o informado pelo Governo Bolsonaro

De acordo com o informado, o governo está contra as propostas internacionais de inclusão e que isso tem impactos negativos para a pedagogia. Dessa forma, pedem novas vezes que o governo revogue o Decreto nº 10.502/20 e que repense nas atitudes tomadas. A ONU ainda argumenta que existem inúmeros estudos internacionais que mostram que a educação inclusiva é o melhor caminho já que ensina mais a olhar o lado do outro, ter resiliência e se adequar às diferenças. 

- Continua Depois da Publicidade -

Alunos devem se adequar ao diferente e entender como lidar com outra pessoa que possui qualquer tipo de deficiência. 

Leia mais: 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui