26.9 C
Brasil
sábado, 19 junho 2021
HomePolítica & PoderTácito: quais as principais obras do historiador?

Tácito: quais as principais obras do historiador?

O Tácito é um historiador que nasceu em 54 d.C e abordou sobre os grandes imperadores de Roma e também sobre a oratória, que era o ápice da educação. Confira abaixo quais são as principais obras que escreveu:

Agrícola: 

A obra fala sobre seu sogro Gnaeus Julius Agricola, um eminente general romano e governador da Grã-Bretanha de 77/78 a 83/84 DC e o vencimento de Domiciliano para ser imperador. Fala sobre as relações da Bretanha com Roma e o tamanho da vitória. Aborda também sobre os militares durante os conflitos e como era a situação geográfica de cada um deles. 

Germânia: 

Fala sobre a religião do território da Germânia, que viria a ser a Alemanha. Mostra sobre como funcionavam os casamentos e as estruturas de governo. Mostra os germânicos como uma forma de salvação para a Roma que no momento estava em decadência. Tácito comparava Roma com os germanos para mostrar a decadência dos romanos.   

Veio a ser a Alemanha e virou um grande símbolo para o país devido ao nacionalismo alemão como se fosse superior aos romanos. Futuramente, veio a ser usada por Hitler durante a Guerra para reforçar os traços dos alemãos.  

O ROMANTISMO alemão viria a ser influenciado pela obra como se fosse um texto fundador da humanidade. O contraditório é que Tácito, apesar de falar do povo, critica muitas de suas atitudes e formas de ser, diz que são afastados e frios. 

Como o povo era mais recluso que os romanos e acreditavam em um único deus, que admirava o monoteísmo mas ao mesmo tempo criticava os cristãos.  Aborda tudo sobre eles: casamento, religião, leis, política, direito privado, bebidas e hábitos, costumes. Cita também as tribos ocidentais do norte e leste.   

Diálogo:  

Acreditam que não foi Tácito que escreveu devido a frases de oratório que não são objetivas e são enfeitadas. Outros argumentam que ele escreveu na juventude enquanto era orador e político. Se dedica a falar da oratória, que era tão forte na Roma e como os pais adoravam ouvir os filhos falarem bem.   

Anais:  

Ao todo acredita-se que foram 18 livros que foram perdidos com o decorrer do tempo. Mostra desde a morte de Augusto até Nero. Falam sobre Tibério, Cláudio, Nero. 

Mostra também sobre os gastos do governo, as formas como lidavam com a escravidão e muitas outras coisas. É em Anais que muitos se basearam na história antiga. Há o relato sobre o fogo em Roma e também sobre a tentativa de Nero de matar a mãe. Muitos relatos são feitos de forma detalhada. 

Leia mais: Como a história deveria ser para Tácito? Biografia feita por Gaston

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui