24.4 C
Brasil
quinta-feira, 6 maio 2021
Home Política & Poder Tragédia em Israel: será uma tentativa dos palestinos revidarem?

Tragédia em Israel: será uma tentativa dos palestinos revidarem?

Será que a tragédia de Israel é uma tentativa dos palestinos revidaram? A tragédia deixou mais de 100 pessoas feridas e 44 mortos, ocorreu justamente no dia em que todos os judeus estavam reunidos no templo enquanto rezavam. 

Semana passada, dia 22 de abril, mais de 300 israelenses saíram para o templo dos muçulmanos gritando que iriam queimar todos os árabes com as tochas que carregavam. Dezenas de palestinos ficaram feridos e tentaram se defender até mesmo com cacos de vidro. 

Israel também intervém na política da Palestina, formada por muçulmanos. Não permite que os moradores de Jerusalém possam votar e cancelar as eleições por mais de 15 anos. No entanto, os palestinos argumentam que precisam lutar e nada neste ano irá os impedir das eleições parlamentares nacionais. 

Israel e as bombas

Políticos israelenses argumentavam que não iriam interferir, mas anularam as falas. Muçulmanos estão constantemente defendendo o templo e os direitos políticos que sofrem com interferências e perseguições constantes. 

O vídeo que foi publicado sobre o evento mostra todos reunidos em um único local e, depois disso, todos correndo para todos os lados e se amontoando. 

Os policiais argumentam que antes da celebração houveram manifestações de grupos contrários e que provavelmente foram eles que causaram as quedas e a tragédia, já que anteriormente tudo estava em perfeito estado.

Um peregrino afirmou para o jornal BBC que tudo estava lotado e que sequer conseguiam se mover lá dentro: o que facilitaria para que ocorressem tentativas de mortes em massa.  O mesmo pelegrino afirmou que ouviu um alerta de bomba no local e que logo a polícia pediu para que todos evacuarem. 

As eleições palestinas devem ocorrer ainda no mês de maio se nada os impedir.

Leia mais: 

 
Daiane Souza
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui