24.1 C
Brasil
segunda-feira, 6 dezembro 2021
HomeProgramas SociaisAuxílio Brasil NÃO VAI começar em novembro: entenda motivo

Auxílio Brasil NÃO VAI começar em novembro: entenda motivo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou uma Medida Provisória que foi publicada no Diário Oficial da União e que determina sobre o início dos pagamentos do novo Auxílio Brasil que veio para substituir o Bolsa Família, que durou por quase 20 anos no Brasil. O valor terá um reajuste de 20% sobre o que era pago, inicialmente, no BF. O projeto previa primeiramente as parcelas de R$ 400. Mas, teve que ser reduzido devido ao teto de gastos e a dívida pública que já chegou a R$ 5,4 trilhões. 

De acordo com o decreto que foi publicado, o benefício tem até 120 dias para entrar em vigor. Isso não quer dizer, necessariamente, que começará a ser pago em novembro. 

Para ter direito a ele, é necessário estar cumprindo alguns requisitos em relação a renda como: receber até R$ 200 (linha de miséria) por pessoa na mesma residência e estar inscrito no Cadastro Único. Devido a isso, é estimado que mais de 20 milhões de brasileiros que antes recebiam o auxílio emergencial irão parar de ser beneficiados. 

Proposto de R$ 400 no Auxílio Brasil prometido pelo presidente Bolsonaro

Inicialmente, o presidente da República, Jair Bolsonaro, havia proposto uma média de R$ 400 para cada beneficiário. No entanto, Paulo Guedes, Ministro da Economia, e Lira, presidente da Câmara de Deputados, afirmaram que, apesar de ser um valor positivo, ainda poderia quebrar o teto de gastos para o ano de 2021, ocasionando em crime de responsabilidade. 

- Continua Depois da Publicidade -

O valor de R$ 400 era mais que essencial para a recuperação da aprovação que o governo tinha em zonas periféricas. De acordo com o DataFolha, a rejeição nestes locais chega a mais de 58% desde o início do ano. As eleições ocorrem a partir do mês de outubro de 2022.

Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui