22.9 C
Brasil
segunda-feira, 29 novembro 2021
HomeProgramas SociaisAuxílio emergencial prorrogado em 2022 será alternativa ao fracasso do Auxílio Brasil?

Auxílio emergencial prorrogado em 2022 será alternativa ao fracasso do Auxílio Brasil?

Na última segunda-feira (18), o Caixa TEM iniciou os pagamentos da sétima parcela do auxílio emergencial para os grupos com o final do NIS 1. Os beneficiários que recebem de acordo com o mês de aniversário começaram a receber a partir do dia 20 de outubro, na última quarta-feira. Os valores, como já se sabe, podem variar de acordo com o grupo familiar de cada indivíduo. 

O que acontece é que esse é o último pagamento do programa antes de ser cancelado. O Auxílio Brasil está previsto para começar a partir do mês de novembro com o valor de R$ 400. O gasto estimado para o programa está na faixa de R$ 9 bilhões ao mês. No entanto, o governo federal não tem verbas para começar e conseguiram apenas R$ 1 bilhão do que precisavam através do IOF

Críticos argumentam que não faria sentido, por exemplo, cancelar o auxílio emergencial para pagar um valor que seja ainda maior sendo que não há condições de fazer isso. Devido à possibilidade de déficit econômico, o dólar foi para R$ 5,67 na última quinta-feira (21) e o Ibovespa estava com queda de 2% até o final da manhã. 

De acordo com João Roma, ministro da Cidadania, o novo Auxílio Brasil pode durar com o valor de R$ 400 até o final do ano de 2022, quando ocorrem as eleições para presidente da República. Mas, depois disso, segundo afirma o FDR, teria que haver a diminuição do valor. 

Oposição chama auxílio emergencial de compra de votos

- Continua Depois da Publicidade -

Grupos de esquerda e da oposição argumentam que o presidente da República, Jair Bolsonaro, está tentando comprar votos após ter tido o aumento das taxas de rejeição nas zoinas periféricas: de acordo com uma pesquisa que foi publicada pelo portal Poder 360, em julho, a taxa de rejeição foi para 56%. 

Daiane Souzahttp://visaoconfiavel.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui