26.3 C
Brasil
quinta-feira, 6 maio 2021
Home Programas Sociais Auxílio emergencial: Quem ficou de fora tem só até segunda para contestar

Auxílio emergencial: Quem ficou de fora tem só até segunda para contestar

Nesta terça-feira (6) a primeira parcela da nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial começou a ser paga e segue com a ordem, seguindo os meses de nascimento de cada beneficiário. Quem teve o benefício negado, mesmo sendo beneficiário no ano passado, recebendo os pagamentos anteriores, poderá fazer uma contestação.

Agora o sistema está aceitando possíveis contestações seguindo alguns critérios, sendo um deles uma atualização dos dados da Dataprev. Segundo o Ministério da cidadania, é possível que os antigos beneficiários contestem a decisão da negativa de agora, mas é preciso ficar atento ao prazo e também as regras.

É válido ressaltar também que o auxílio emergencial pode ser negado novamente, mesmo depois de ser feita a reavaliação dos dados atualizados durante a contestação.

Como contestar o auxílio emergencial negado?

Para averiguar a situação do benefício, é preciso acessar o portal da Dataprev, e preencher os formulários com os dados pessoais, que são: CPF, nome da mãe e data de nascimento. Depois de preencher com os dados corretos, basta clicar em enviar, que todos os detalhes de cada etapa da averiguação de dados, contestação e os resultados vão aparecer ali.

Leia mais: Primeira parcela do novo auxílio será paga já em março diz Arthur Lira

A nova rodada do auxílio emergencial que começou a ser pago nessa semana, será dividido em 4 parcelas com valores que podem ser de R$ 150,00, R$ 250,00 e R$ 375,00. Cada um dos valores é destinado há um tipo de beneficiário diferente, seguindo as regras que foram impostas pelo governo durante a aprovação do programa.

Além disso, as pessoas que precisam contestar a negativa do auxílio emergencial têm só até a próxima segunda feira (12) para fazer a revalidação dos dados e solicitar novamente a aprovação do benefício, é preciso acessar o site da Dataprev e seguir os passos que estão sendo pedidos por lá, e aguardar uma nova avaliação, até que o resultado seja dado.

Leia mais: Receber a 1a parcela do auxílio emergencial não é garantia de receber todas

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui