33 C
Brasil
sexta-feira, 23 julho 2021
HomeProgramas SociaisEntenda como funciona a aposentadoria por invalidez

Entenda como funciona a aposentadoria por invalidez

Um dos Direitos Trabalhistas que faz parte dos benefícios oferecidos do INSS, é o de aposentadoria por invalidez. Nesse tipo de aposentadoria, existem algumas regras que se aplicam a cada caso, que varia de acordo com a condição de cada cidadão.

A aposentadoria por invalidez tem uma diferença, por ser diferente dos demais tipos, já que não leva em consideração o tempo de contribuição do trabalhador. Sem contar que ela não é definitiva. Podendo ser cancelada a qualquer momento, para que o trabalhador volte a suas atividades de antes.

Do que se trata a aposentadoria por invalidez?

Normalmente a invalidez é caracterizada pelo afastamento do trabalhador, que não pode ou não consegue mais realizar suas atividades de trabalho, seja por uma doença ou por um acidente ou uma sequela. O funcionário que se afasta por esses motivos, tem direito ao benefício e pode conseguir a aposentadoria por invalidez, caso tenha sofrido algo que seja mais grave e definitivo.

Para o caso da aposentadoria por invalidez, os acidentes podem se dar através de algum acidente que não tenha a ver com o trabalho, mas também no trajeto, ou até mesmo por uma doença degenerativa e doenças autoimunes, etc. Mas é preciso que a enfermidade tenha característica de se estender por um longo período.

Quais os requisitos?

- Continua Depois da Publicidade -

Para ser encaminhado e solicitar a aposentadoria por invalidez, é preciso que o trabalhador passe por avaliação de um médico perito do INSS, e apresente os atestados, e toda a documentação necessária para comprovar a incapacidade de voltar a trabalhar. Além disso, também existem algumas regras extras, que exigem que a aposentadoria possa ser concedida, mas isso varia de caso para caso, e de cada tipo de incapacidade. Para alguns casos, é preciso manter uma vistoria e uma avaliação constante do estado de saúde do beneficiário, para comprovar que ele ainda está incapacitado de voltar as atividades.

Leia também: MEI e ME: quais as diferenças de tributação?

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui