20.8 C
Brasil
quinta-feira, 29 julho 2021
HomeProgramas SociaisGoverno coloca mais 236 mil famílias na lista do auxílio emergencial

Governo coloca mais 236 mil famílias na lista do auxílio emergencial

Nesta segunda-feira (12), mais de 236 mil famílias voltaram a ser aprovadas para receber o auxílio emergencial que varia de R$ 150 até R$ 375, sendo o valor mais alto para as mulheres que possuem crianças e adolescentes de até 17 anos.

Dessa forma, todos aqueles que nasceram entre janeiro e maio devem ganhar a primeira parcela a partir do dia 15 deste mês. Será possível, assim como no ano passado, pagar contas através de boletos e também realizar transferências.

Veja abaixo quais são as outras datas para receber o benefício:

  • junho: 18 de abril
  • julho: 20 de abril
  • agosto: 22 de abril
  • setembro: 25 de abril
  • outubro: 27 de abril
  • novembro: 29 de abril
  • dezembro: 30 de abril

Vale lembrar também que hoje é o último dia para contestar a negação do auxílio emergencial. Outro requisito para receber além da renda, é que o beneficiário já tenha realizado o cadastro no ano passado para receber a primeira leva já que não terão tempo para novos cadastros.

- Continua Depois da Publicidade -

Em fevereiro, após o fim do auxílio emergencial, o número de pessoas que viviam abaixo da zona de pobreza aumentou mais de 30%, indo para 27 milhões. O PIB, Produto Interno Bruto, também caiu cerca de 4,1%. 

Leia mais: Auxílio emergencial: Quem ficou de fora tem só até segunda para contestar

Vacinações da Covid 19 e auxílio emergencial

O governo pensa em realizar a retomada econômica ao vacinar a população e fornecer o auxílio emergencial por mais 4 meses, começando em abril. Já foram mais de 353 mil vítimas da Covid 19.

Muitos estudos comprovam que o auxílio emergencial fez com que o PIB não caísse em mais de 8%. Foi o benefício que manteve o dinheiro circulando entre os microempreendedores individuais e garantiu que muitas empresas continuassem abertas. 

- Continua Depois da Publicidade -

As pessoas que vivem sozinhas devem receber cerca de R$ 150 enquanto as famílias com duas ou mais pessoas ficam com o valor de R$ 250.

Leia mais: Em resposta a Bolsonaro, Barroso diz que consultou ministros sobre CPI

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui