28.8 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomeProgramas SociaisPEC Emergencial deve ser votada hoje para volta do auxílio

PEC Emergencial deve ser votada hoje para volta do auxílio

O Brasil ultrapassou a faixa de R$ 5 trilhões em dívida externa, somente os gastos na pandemia com auxílio e vacinas foi de R$ 500 bilhões. O teto de gastos não deve ser ultrapassado e, para garantir que isso aconteça, deve-se liberar a PEC Emergencial. O intuito dela é controlar os gastos do governo para que se consiga repor o dinheiro do auxílio emergencial. A medida deve trazer o lucro de R$ 35 bilhões em uma década para que reponha o valor de R$ 40 bilhões do benefício. 

O intuito inicial da proposta  era cortar o salário de servidores (professores e secretários, por exemplo) em até 25% juntamente com a jornada. Entretanto, todos os estudos que haviam sido realizados eram contra essa medida porque ela poderia cortar o PIB em 1,4%.

Isso ocorre porque esses servidores costumam ganhar apenas dois salários mínimos e acabam mantendo todo o dinheiro dentro do comércio, circulando. Com a diminuição, iriam guardar ou economizar, tornarem-se mais seletivos e o dinheiro não iria circular ( o que é negativo analisando com os olhos econômicos). 

Leia mais: Dívida bruta do setor público sobe para 89,3% do PIB em 2020

O que prevê a PEC Emergencial?

- Continua Depois da Publicidade -

A PEC Emergencial prevê a diminuição de gastos governamentais com a saúde e educação. Haverão cortes imprescindíveis nestas áreas nos próximos anos. Especialistas e colunistas afirmam que essa é uma tentativa avassaladora de sabotar o serviço público. O intuito é fazer com que volte R$ 35 bilhões para os cofres públicos em até 10 anos ao cortar verbas. 

Leia mais: Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

A PEC Emergencial deveria ser assinada e votada na semana passada, mas foi adiada para hoje (03). A versão do Marcio Bittar acabou sofrendo com duras críticas já que previa o fim de gastos mínimos que eram realizados com áreas sociais como escolas e postos. A medida foi divulgada pela mídia como negativa. 

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui