25.1 C
Brasil
terça-feira, 27 julho 2021
HomeProgramas SociaisPIS/Pasep é adiado para viabilizar pagamento de benefício emergencial

PIS/Pasep é adiado para viabilizar pagamento de benefício emergencial

O governo Federal anunciou nesta semana que iria adiar todos os pagamentos do PIS – Pasep de 2020 que iriam ocorrer no segundo semestre de 2021. O intuito é que consigam viabilizar a volta do benefício emergencial para a população. Dessa forma, ao alterar o atual calendário, mais de R$ 7 bilhões não serão pagos neste ano e, sendo assim, irá ocorrer o despejo monetário de forma mais lenta. 

Ano passado, o benefício emergencial auxiliou para que as empresas conseguissem reduzir as jornadas de trabalho. E, deve voltar neste ano ao injetar mais de R$ 18 bilhões na economia durante a segunda onda da Covid 19 no país. Ontem (24), o Brasil chegou à marca de 300 mil mortos e mais de 90 mil casos em apenas 24h. A média móvel de vítimas é maior que mil há, pelo menos, 63 dias corridos. 

Leia mais: Bia Kicis adverte deputados da oposição que chamam Bolsonaro de genocida

Equipe econômica e PIS – Pasep

A equipe econômica do presidente Bolsonaro afirmou que os gastos com o benefício emergencial devem ficar de fora do teto. O mesmo ocorreu com o auxílio emergencial que ficou por fora e teve a aprovação da emenda constitucional que permitia o corte de 25% do salário dos servidores. O valor dos R$ 33 bilhões só conseguiu ser liberado no ano passado porque o país se encontrava em calamidade pública. 

- Continua Depois da Publicidade -

Atualmente, menos de 2% de toda a população recebeu duas doses da vacina e 5,75% recebeu apenas uma. O estado de São Paulo é o que lidera o número de óbitos com cerca de quase 70 mil. Enquanto isso, o Uruguai afirmou que pretende fechar as fronteiras com o Brasil já que houve aumento considerável de casos nas cidades visitadas pelos brasileiros. 

A reunião da decisão contou com a bancada do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

Leia mais: Banco Central espera crescimento ainda menor do Brasil em 2021

 
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui