20 C
Brasil
segunda-feira, 17 janeiro 2022
HomeProgramas SociaisPor que meu Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem?

Por que meu Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem?

É comum que o Auxílio Brasil não tenha caído na Caixa TEM mesmo que o cidadão esteja inscrito no Cadastro Único. Isso pode ter uma série de causas: a primeira delas é que estar no CAD não significa necessariamente que será beneficiado com o programa social que foi reajustado durante dezembro para o valor de R$ 400. Para receber, é necessário ter mais de 18 anos de idade e ter a renda mensal inferior a R$ 200 por cada pessoa na família. 

O Cadastro Único não garante benefícios sociais se o indivíduo não estiver dentro dos requisitos que foram impostos pelo município, estado ou escala federal. 

Outra causa bastante comum é que o programa foi depositado no Cartão Cidadão em vez do Caixa TEM, que foi criado para pagar os programas do Auxílio Emergencial durante o ano de 2020 para os grupos de desempregados não ficarem desamparados durante a pandemia da Covid-19, que deixou mais de 600 mil mortos e cerca de 22 milhões de casos registrados em apenas um ano e meio. 

O Cartão Cidadão foi criado pela Caixa para pagar programas sociais e não ter a cobrança de anuidade. Através dele, o Ministério da Cidadania e da Economia pagam programas sociais como o abono salarial e o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). 

Auxílio Brasil no ano de 2022

O Auxílio Brasil também deve continuar sendo pago durante o ano de 2022, com valores reajustados para R$ 400. No entanto, vale salientar que o valor terá uma queda durante o ano de 2023, quando entrará para a administração do país um novo presidente. O pagamento maior foi possível devido à aprovação da PEC dos Precatórios, que a longo prazo pode ocasionar um prejuízo acima de R$ 600 milhões para o país.

A PEC não permite somente o aumento do Auxílio Brasil como de outros programas sociais como o Auxílio Gás. 

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui