28.9 C
Brasil
terça-feira, 3 agosto 2021
HomeProgramas SociaisSegundo saque do FGTS: quando vai acontecer?

Segundo saque do FGTS: quando vai acontecer?

Segundo saque do FGTS: de acordo com a Medida Provisória nº 946, de 07/04/2020, terão direito a sacar o saldo do FGTS, em até R$1.045,00, todos os titulares de contas ativas e inativas.

No entanto, esse segundo saque do FGTS ainda não tem data definida, mas o que já se tem como certo é que ele deverá acontecer em qualquer momento até o dia 31 de dezembro de 2021.

Essa medida provisória que autoriza o saque é uma das medidas extraordinárias postas em prática pelo governo como tentativa de minimizar os terríveis efeitos da pandemia da Covid-19.

Porém a Caixa Econômica Federal, responsável por receber e distribuir os recursos, ainda não divulgou o calendário, limitando-se apenas a afirmar que este “deverá ser divulgado em breve”.

E qual a previsão para o segundo saque do FGTS?

- Continua Depois da Publicidade -

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, apesar de ainda não haver um prazo, ele garante que esse saque deverá ocorrer como nos demais, ou seja, cada trabalhador deverá sacar o FGTS de acordo com a data do seu nascimento.

E mais: esse saque deverá obedecer ao critério de antiguidade das contas. Isso quer dizer que o trabalhador terá direito a realizar o segundo saque do FGTS inicialmente das contas inativas com menor saldo, para só depois ter direito a realizar o saque nas demais contas, da mesma forma começando pelas contas com menor saldo, passando logo após para as de maior, até atingir o valor de até R$1.045,00 – valor, esse, que não poderá ser ultrapassado.

Outra coisa importante a saber sobre esse saque, é que os valores referentes ao FGTS também poderão ser depositados na conta social da Caixa Econômica Federal aberta para fins de depósito do Auxílio Emergencial. No entanto, a critério do beneficiário, esse depósito também poderá ser feito na agência da sua preferência; desde que, obviamente, seja o titular da conta.

Além disso, o valor que não for sacado permanecerá na conta do trabalhador, em um total de cerca de 60,8 milhões de beneficiários que terão direito ao saque.

- Continua Depois da Publicidade -

Leias também: Segundo saque do FGTS: quando vai acontecer?

 

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui