24.3 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomeSaúde & Bem EstarAVC: o que é, tratamento e sintomas

AVC: o que é, tratamento e sintomas

O AVC (ou Acidente Vascular Cerebral) é o famoso “derrame”; um transtorno que ocorre em razão do rompimento ou obstrução de um vaso sanguíneo, e que geralmente resulta na paralisia do lado do corpo comandado pela região afetada do cérebro.

Um acidente vascular cerebral pode ser hemorrágico, quando há o rompimento de um vaso no cérebro, com consequente “derramamento” de sangue na região intracraniana (entre a meninge e o cérebro) ou dentro do tecido cerebral.

Mas ele também pode ser isquêmico, quando ocorre o entupimento de um vaso, o que acaba impedindo o envio de oxigênio até o cérebro, com consequente morte das células cerebrais.

Nesse caso último caso, temos a configuração de uma isquemia cardíaca, que pode ser ocasionada pela formação de trombos (coágulos sanguíneos locais) ou êmbolos (coágulos sanguíneos que se deslocam), ambos da mesma forma graves e comprometedores das funções normais do organismo.

Principais tratamentos e sintomas de um AVC

- Continua Depois da Publicidade -

As principais causas de um AVC são: pressão alta, insuficiência cardíaca, problemas de coagulação do sangue, inflamação dos vasos sanguíneos, Angiopatia amiloide cerebral, Aterosclerose, Arritmias cardíacas, Endocardite, Infarto do miocárdio, entre outros distúrbios geralmente ligados ao sistema circulatório ou cardiovascular.

Indivíduos obesos, hipertensos, tabagistas, sedentários, diabéticos, com histórico de família, ou com idade avançada, são mais propensos. E quando acometidos pela doença, os principais sintomas que eles apresentam são: dores de cabeça, sensação de dormência na face, perda repentina da visão em um dos olhos (ou nos dois), sensação de formigamento no rosto, náuseas, vômitos, vertigens, entre outros sintomas menos comuns.

E para tratar o distúrbio, será necessário recorrer à ajuda de um clínico geral, um neurologista ou um médico intensivista, que poderão prescrever um tratamento de emergência em um ambulatório, desobstrução das artérias (trombólise), administração de drogas endovenosas (o rt-PA), cateterismo, entre outras técnicas de acordo com cada caso avaliado.

Leia mais: Benefícios da caminhada: confira quais são eles

 

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui