18.5 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomeSaúde & Bem EstarFungo da Covid-19: O que é isso?

Fungo da Covid-19: O que é isso?

“Fungo da Covid-19”. Esse é o nome popular atribuído a uma mucormicose, também apelidada de “Fungo Negro”, que já atingiu quase 9 mil pessoas na Índia e, surpreendentemente, manifestou-se em dois indivíduos no Uruguai e no Brasil.

No entanto, de acordo com as autoridades médicas indianas consultadas, a doença não é grave – e nem mesmo contagiosa -, apesar de ter assustado por conta da sua raridade e grau de letalidade.

Ainda de acordo com os microbiologistas que investigam as características desse Fungo Negro, tal variedade constitui-se como uma espécie de bolor, semelhante a outras variedades como o Rhizopus e o Rhizomucor, encontradas em alimentos estragados, em adubos orgânicos, no solo, e onde quer que eles encontrem as condições que tanto apreciam.

E quais as características desse fungo da Covid-19?

Apelidado de “Fungo da Covid-19”, por conta do fato de ter demonstrado ser terrivelmente agressivo em portadores do vírus, o Fungo Negro possui uma taxa de letalidade de quase 50%, além de provocar terríveis sequelas resultantes das cirurgias que são necessárias para corrigir os danos que ele causa em várias partes do corpo, em especial nos olhos, pele, boca, nariz, entre outras regiões.

- Continua Depois da Publicidade -

Ainda de acordo com os especialistas, a razão de esse fungo manifestar-se de maneira tão agressiva pode ser explicada na queda brusca das defesas imunológicas dos pacientes infectados pela Covid-19, o que configura-se como uma oportunidade e tanto para micro-organismos patológicos como esse, justamente pelo fato de serem descritos como “espécies oportunistas”.

Tais espécies, como se sabe, aproveitam-se da fragilidade de organismos acometidos por doenças como cânceres, HIV, diabetes, ou até mesmo pela Covid-19. Mas também beneficiam-se de determinadas condições climáticas, como no caso da alta umidade e das temperaturas elevadas que caracterizam o clima da Índia.

Porém, à parte essas suas características, os médicos insistem em afirmar que não há razões para alarde em razão da manifestação do Fungo Negro em pacientes infectados pela Covid-19, já que ele configura-se apenas e tão somente como uma ocorrência fortuita, bastante comum em diversas formas na natureza, e que por isso mesmo não deve ser encarado, de forma alguma, como um problema de saúde pública em escala global.

 

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui