25.8 C
Brasil
quinta-feira, 15 abril 2021
Home Saúde & Bem Estar Ivermectina: O que é efeitos colaterais

Ivermectina: O que é efeitos colaterais

A Ivermectina é um remédio indicado para atacar parasitas, removendo-os do organismo. É um medicamento que precisa ser indicado por um médico, principalmente para tratar elefantíase, oncocerose, ascaridíase, pediculose, escabiose, entre outros.

O remédio pode ser usado por crianças de mais de 5 anos de idade e adultos, e embora possa ser encontrado em farmácias, é preciso consultar um médico para saber qual o tipo de agente é preciso atacar e então acatar a sua recomendação para o tratamento.

ivermectina
Ivermectina

Para que serve a ivermectina?

O medicamento é um antiparasitário, ou seja, ele serve para atacar e tratar doenças causadas por parasitas. Podendo ser elas:

  • Pediculose: infestação de piolhos;
  • Escabiose: também conhecido como sarna;
  • Filariose: elefantíase;
  • Ascaridíase: infecção causada pelo parasita Ascaris lumbricoides;
  • Oncocercose: a famosa cegueira dos rios;
  • Estrongiloidíase intestinal.

Efeitos colaterais

É importante ressaltar que o uso indevido a ivermectina pode causar efeitos colaterais, assim como seu uso em excesso. Os efeitos colaterais podem ser cansaço, diarreia, dor em excesso na barriga, prisão de ventre, vômitos, perda de peso e em casos mais graves, urticárias, vertigens, tremores, tonturas e sonolência.

Leia mais: Psoríase: o que é características e sintomas

Ivermectina causa hepatite medicamentosa?

Embora esse não seja um dos efeitos colaterais descritos na bula do remédio. A ivermectina pode aumentar a presença de enzimas hepáticas no sangue e por isso, é um medicamento que precisa ser tomado com cautela.

A ivermectina deve ser usada em casos agudos e para tratamentos curtos, já que seus estudos durante o desenvolvimento do medicamento, não estudou testes em organismos com doses dos componentes por longos períodos. Ainda assim, o uso prolongado desse medicamento, assim como qualquer outro, pode causar problemas maiores no fígado, e a hepatite medicamentosa.

Assim como o seu contra a Covid-19, que tem se discutido muito, mesmo sendo um remédio antiparasitário, ele também tem ação antiviral, já que é usado contra febre amarela, dengue e Zika. Embora alguns estudos tenham sido feitos, eles não foram o suficiente para comprovar a eficácia do medicamento em seres humanos, contra o coronavírus.

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui