24.9 C
Brasil
terça-feira, 27 julho 2021
HomeSaúde & Bem EstarMedicamentos para insônia: confira os melhores deles

Medicamentos para insônia: confira os melhores deles

O que fazer quando se sofre com insônia e no outro dia se tem que trabalhar? Essa é uma dúvida cada vez mais comum durante a pandemia: as preocupações excessivas podem impedir que o indivíduo consiga descansar. E, quando está pensando demais no trabalho, pode desenvolver a famosa Síndrome de Burnout. 

O Manchetes do Dia separou uma lista com os principais medicamentos usados por pessoas que sofrem com insônia. Portanto, continue a leitura para saber mais!

Suco concentrado de maracujá

O Maracujá possui propriedades calmantes e relaxantes. Dessa forma, ajuda os músculos a ficarem menos tensos e o  indivíduo consegue pegar no sono. O recomendado é fazer o suco concentrado, coar e não usar açúcar. Se preferir adoçar e achar que está muito amargo, pode colocar mel. 

O suco e a polpa ajudam a combater o estresse e ansiedade excessiva do trabalho. Logo, consegue-se aproveitar ainda mais o descanso, seja sozinho ou em família. 

Insônia: Clonazepam

- Continua Depois da Publicidade -

Também conhecido como rivotril. Ele é usado somente por pessoas que possuem acompanhamento psiquiátrico. É comum que seja recomendado para pessoas esquizofrênicas que passam por surtos. 

Outro medicamento que atua tanto como calmante quanto antidepressivo é o risperidona. Ele é oferecido gratuitamente pelo Sistema Universal de Saúde. 

Insônia: Diazepam

A primeira vez que ele foi vendido, teve o nome de Valium e tem o efeito calmante. Após ser ingerido, é comum que ocorram os efeitos colaterais. Eles aparecem após cerca de 5 minutos e podem chegar a durar duas horas. Os efeitos mais comuns são tonturas e relaxamentos musculares. Por agir rapidamente no corpo, também é usado por pessoas que possuem epilepsia e debates espontâneos dos músculos. 

Como efeito secundário, e sentido por grande parte dos usuários, pode se sentir sonolência e fraqueza nas pernas. Além disso, não é recomendado que seja usado durante a amamentação. 

- Continua Depois da Publicidade -

Leia também: Calmante natural: melhores opções sem receita médica

 

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui