34.2 C
Brasil
segunda-feira, 14 junho 2021
HomeSaúde & Bem EstarSíndrome do pânico: Quais as causas mais comuns?

Síndrome do pânico: Quais as causas mais comuns?

Em tempos de pandemia, o número de pessoas com transtornos mentais aumentou, e a síndrome do pânico foi um dos problemas que mais tiveram relatos, principalmente com as mães que tiveram que trabalhar de casa e ainda manter a saúde mental. O período tem sido difícil para diversas pessoas, principalmente quem teve que dar conta de tudo dentro de casa.

A sobrecarga de funções pode ser um pontapé inicial para ajudar a desencadear esse tipo de transtorno, principalmente quando envolve o convívio com crianças que também estão sofrendo com o momento. Conseguir dar conta de tudo, trabalhar, cuidar da casa, ajudar os filhos se ainda ter tempo para se distrair na está sendo fácil e as limitações deixam as pessoas cada vez mais frustradas, por isso, síndrome do pânico entre outras enfermidades começaram a aumentar drasticamente.

Cuidando da saúde

É preciso ter muita cautela em situações assim, ainda mais para cuidar da síndrome do pânico e ainda ter que lidar com tantos afazeres. Uma das principais causas para desencadear uma crise, está relacionada a combinação de fatores de estresse, com o genético. Também pode envolver perdas de entes queridos, relacionamento se situações emocionais mais profundas, como a própria cobrança por produtividade no trabalho. Elas acontecem sem avisar e a qualquer momento, basta um pequeno gatilho e ela pode se desenvolver.

Leia mais: Trabalhador com síndrome de burnout tem direito a licença médica

Como tratar?

O primeiro passo é procurar por ajuda e dar início ao tratamento o quanto antes. Além disso, entenda que ninguém precisa dar conta de tudo, o momento é atípico e ninguém precisa dar conta de tudo. Descanse de vez enquanto, tire um tempo só para si mesmo e faça coisas que gosta. Não tenha medo do momento atual, a pandemia vai passar. A síndrome do pânico é algo que exige atenção, não é um transtorno simples e precisa ser levado a sério, por isso, ao perceber qualquer crise procure um médico.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui