28.1 C
Brasil
segunda-feira, 14 junho 2021
HomeSaúde & Bem EstarTOC: Lidando com pensamentos obsessivos

TOC: Lidando com pensamentos obsessivos

Nem todo mundo que tem pensamento obsessivo tem TOC, mas todas as pessoas que tem TOC tem o pensamento obsessivo compulsivo. Esses pensamentos podem se manifestar em qualquer pessoa, a qualquer momento, ou fase da vida. Mas é preciso saber reconhece-los para lidar com a situação da melhor maneira possível.

Os pensamentos obsessivos presente diferente da doença do TOC, são aqueles simples, que faz a pessoa pular uma linha, pensar que vai cair de algum lugar, coisas leves. Porém, ele pode vir a se tornar um problema quando esses pensamentos começam a prejudicar a vida da pessoa, a impossibilitando de fazer coisas do dia a dia.

O que é TOC?

O Transtorno Obsessivo Compulsivo, é considerada uma condição psicológica, onde o paciente sofre com os pensamentos obsessivos, que o levam a ter comportamentos compulsivos, fazendo com que ele repita determinado ato várias vezes, até que se sinta satisfeito. Como tocar em algo várias vezes, lavar as mãos várias vezes e por aí vai. A satisfação momentânea é que vai se tornando um problema que com o passar do tempo, a necessidade reaparece.

É válido ressaltar que a doença precisa ser diagnosticada por um especialista em TOC, e as causas, na grande maioria das vezes que faz o indivíduo desenvolver o problema se dá por aspectos da vida, mas podem ser vários. A avaliação psicológica é a principal forma para fazer uma análise de vida do paciente para identificar a doença.

Como lidar com o TOC?

Depois de entender como os pensamentos obsessivos e disfuncionais podem funcionar, uma das ferramentas que se tem para lidar com o TOC é o questionamento socrático. Por exemplo, ao ter um pensamento, levantar alguns questionamentos sobre ele, para testar a validade desse pensamento. Portanto sempre se perguntar, o que comprova a evidência disso? A partir da resposta perguntar novamente, o que vai contra essa ideia? Por exemplo, todas as outras pessoas ao redor não fazem isso e nada acontece, ou são saudáveis, continuam vivendo, e assim por diante.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui