28.8 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomeSaúde & Bem EstarVacina de Oxford pode proteger contra variante brasileira

Vacina de Oxford pode proteger contra variante brasileira

A vacina desenvolvida no Reino Unido pela Universidade de Oxford, constatou que a produção do imunizante também ajuda a neutralizar uma das variantes brasileiras do covid-19, a mutação amazônica. Com isso, a vacina Oxford pode proteger e ser mais eficaz, com algumas controvérsias.

Até o momento a vacina de Oxford é uma das distribuídas no país contra a covid-19, e agora vem se mostrando também eficientes contra a variante brasileira da Amazônia. A informação foi dada devido a um estudo realizado na universidade, que examinou se os anticorpos induzidos pela vacina, poderiam atacar variantes diferentes do vírus.

Resultados da Vacina de Oxford

Com o estudo inicial, os dados mostraram que os anticorpos que o organismo produz com a vacina de Oxford, podem ser neutralizar a variante amazônica, mas que essa proteção é feita em níveis menores.

O mais importante para saber é que a mutação amazônica, pode resistir menos aos anticorpos que são desenvolvidos e produzidos no organismo pela vacina. Isso quer dizer que as pessoas que tomam a vacina de Oxford ou que já tiveram covid-19, podem estar mais protegidos contra a mutação.

- Continua Depois da Publicidade -

Leia mais: RS vai receber novo lote com 318,2 milhões de doses da CoronaVac

O que dizem os epidemiologistas

Os cientistas acreditam que a mutação amazônica está entre um dos motivos pelo qual os casos estejam aumentando tanto, incluindo o aumento do número de mortes no país. A comunidade dos cientistas atualmente se encontra preocupada com a resistência que as variantes que estão aparecendo se comportam com as vacinas.

Segundo o anúncio de algumas informações que vazaram sobre a vacina de Oxford, principalmente com o surgimento de tromboses, as pessoas passaram a ficar com medo de tomar o imunizante. Mas os especialistas afirmam que não é o momento para recusar receber qualquer uma das doses.

Segundo um comunicado da última quarta-feira, a OMS alegou que todos os benefícios da vacina, superam os riscos e que por isso, é importante que a população continue tomando o imunizante.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui