28.8 C
Brasil
quinta-feira, 5 agosto 2021
HomeTecnologia & CiênciaConsertar placa mãe: Vale a pena mesmo?

Consertar placa mãe: Vale a pena mesmo?

Assim como tudo na vida, incluindo acessórios eletrônicos, a vida útil dos computadores tem um prazo e que com o tempo, começam a aparecer manutenções recorrentes e até alguns consertos. E sempre fica o questionamento se vale a pena consertar placa mãe, ou não.

Além de saber se vale ou não pelo reparo, outra dúvida muito frequente é o preço da manutenção, analisando se vale a pena consertar ou trocar por uma placa nova. Os principais motivos para que uma placa mãe pare de funcionar na maioria das vezes são devido ao superaquecimento, fumaça, sujeira no hardware, quedas, pequenos curtos e assim por diante.

Conserto da placa

Nem sempre o conserto da placa mãe vai valer a pena, mas isso também depende do dano ou problema que ela esteja. Uma placa mãe nova no mercado hoje, possui um valor bem salgado, principalmente se for de características e configurações mais avançadas. Nesse caso se for fazer um reparado que custe uns R$ 500,00, vale mais a pena do que comprar uma nova, que custa uns R$ 4000,00 dependendo das suas configurações.

Mas nem sempre o conserto vai te dar uma garantia de que ela funcionará corretamente depois. Isso depende de vários outros fatores, e por isso, tanto o valor do conserto placa mãe, quanto comprar uma nova, precisa ser bem avaliado junto de uma assistência técnica.

- Continua Depois da Publicidade -

Leia mais: Como saber se a placa mãe queimou?

Cada caso é um caso para consertar placa mãe

Sempre que for levar a placa mãe para conserto, leve em consideração o que o técnico tem a dizer. Uma placa mais antiga, sempre pode voltar a apresentar problemas que depois de corrigidos, piorem ainda mais.

Por isso, ouvir a opinião de quem entende, fazer pesquisas de novas placas, é uma maneira de avaliar o custo benefício de trocar por uma nova ou consertar o defeito. Mesmo que o reparo seja feito somente em algumas partes da placa, é possível que outras fiquem com sequelas, e isso também deve ser levado em consideração, pois cada caso é um caso.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui