24.4 C
Brasil
quinta-feira, 6 maio 2021
Home Tecnologia & Ciência Google Earth lança recurso que mostra processo de destruição do planeta

Google Earth lança recurso que mostra processo de destruição do planeta

Nesta quinta feira (15) o Google Earth lançou uma nova finalidade o recurso em Timelapse, que agora mostra nos mapas, imagens de satélite que permite que os usuários vejam um antes e depois do planeta e o quanto ele já foi destruído pela humanidade ao longo das décadas. O recurso está presente no aplicativo, mas também pode ser visto em forma de vídeos, 3D ou 2D em formato MP4.

As imagens foram feitas com milhões de fotos registradas de 1984 até 2020, que foram dadas pela NASA. Os satélites que fizeram as imagens, foram cedidas para o aplicativo que em parceria com a agência espacial e universidades americanas desenvolveu a ideia.

Acessar a evidência no Google Earth

Os usuários que quiserem analisar as mudanças climáticas que aconteceram na terra, conseguem ver nitidamente as mudanças, principalmente com a expansão das cidades ao redor do mundo e também dos cultivos agrícolas.

Dentro da plataforma do Google Earth dá para selecionar um tour para assistir toda essa mudança em forma de vídeo, desde a infraestrutura da agricultura, a mudança floresta, corpos d’água e até a diminuição do território da Antártica.

Leia mais: TV de Portugal ridiculariza Bolsonaro ao Fazer chamada para entrevista com Lula

Como é feito o timelapse?

Para criar um vídeo em timelapse, levando em consideração o tamanho do planeta terra, exige uma quantidade enorme de capacidade para processamento de pixels. A plataforma do Google mostrou que o Earth Engine, junto de uma análise geoespacial e a junção de inúmeras imagens animadas, precisou reunir e renderizar mais de 24 milhões de imagens de satélites para criar os vídeos.

Foi preciso mais de 2 milhões de horas para processar todas essas imagens e milhares de máquinas para renderizar os 20 petabytes no Google Cloud do Google Earth, juntando tudo em um único mosaico. O vídeo com 1,4 terapixels, possui o equivalente de informações referente a 530 mil vídeos com resolução em 4K. São imagens realmente impressionantes.

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui