26.3 C
Brasil
sábado, 8 maio 2021
Home Tecnologia & Ciência Instagram: como ocorreu o lançamento? Veja curiosidades

Instagram: como ocorreu o lançamento? Veja curiosidades

O lançamento oficial do Instagram, se é que podemos chamar assim, ocorreu somente em 2010, quando Systrom conheceu alguns investidores da Andreessen Horowitz e Baseline Venture, que de cara interessaram-se por financiar o seu projeto, injetando cerca de US$ 500 mil dólares nele.

Com a ajuda do brasileiro, engenheiro e designer de experiência, Mike Krieger (25 anos), e tendo como inspiração a tecnologia de publicação de fotos do Hipstamatic e a expertise em engajamento social do Facebook, ele enfim lançou o aplicativo como uma união entre “instante + telegrama” (Instagram), e tendo ainda como um dos princípios a ideia do minimalismo, que ele aplicou com o objetivo de exigir o mínimo esforço do usuário na hora de executar as ações.

Obviamente, tamanho potencial de engajamento, com características tão particulares, não demoraria muito a chamar a atenção de um “rolo compressor” chamado Mark Zuckerberg; afinal, o Instagram, recém-criado, já gabava-se de ter acumulado, em 2012, um patrimônio de mais de 27 milhões de usuários.

Ainda naquele ano o aplicativo foi aperfeiçoado para que pudesse ser utilizado em smartphones Androids, o que de imediato resultou em mais de 1 milhão de downloads em apenas 24 horas; e após uma oferta (à época irrecusável) de US$ 1 bilhão de dólares, o Instagram finalmente passava às mãos de Zuckerberg; e o restante da história todos já conhecem.

Instagram e marketing

O que aconteceu foi que o Facebook e o Instagram tornaram-se verdadeiros sinônimos de marketing digital, ferramentas indispensáveis no universo do empreendedorismo, em uma parceria inigualável quando o assunto é o envolvimento e engajamento de pessoas via redes sociais.

Nenhuma bagagem como programador, nenhum conhecimento em Ciências da Computação…apenas vontade e curiosidade; curiosidade, essa, que lhe ajudou a codificar, nas horas vagas, um protótipo HTML5 que seria, digamos, uma espécie de embrião do que seria hoje a rede social, com funcionalidades que iam desde o compartilhamento de fotos, passando por check-ins, publicação de planos, entre outras possibilidades.

 
Daiane Souza
Daiane Souzahttps://manchetesdodia.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui