24.4 C
Brasil
quinta-feira, 6 maio 2021
Home Tecnologia & Ciência Jovens aceitam ser reinfectados pelo coronavírus – em nome da ciência

Jovens aceitam ser reinfectados pelo coronavírus – em nome da ciência

Uma nova proposta de estudo chocou algumas pessoas, quando souberam que a ideia era descobrir o porque as pessoas reagem de forma tão diferente a contaminação do coronavírus. Porque para algumas ela tem sintomas tão sutis e pode levar outras à óbito. Com isso, alguns jovens se predispuseram a fazer parte do teste.

O estudo começou a ganhar voz no início deste mês, mas só agora, os especialistas começaram a procurar por pessoas jovens e saudáveis que se interessassem por participar da pesquisa. Os cientistas buscam por pessoas que já tenham sido infectadas pelo coronavírus e se recuperado completamente da doença.

Serão precisos cerca de 64 voluntários para os testes, que devem ter a idade de 18 a 30 anos, e passar por uma quarentena dentro do hospital de 17 dias.

Reinfecção pelo coronavírus

A ideia do estudo é reinfectar esses jovens com uma cepa original do coronavírus, e fazer todo o acompanhamento do quadro clínico de cada um dos voluntários. A primeira fase da pesquisa deve mostrar aos cientistas se com uma pequena dose do vírus no organismo, ele consegue se replicar, e quais os níveis dos sintomas.

Já na segunda fase, os voluntários reinfectados, passarão por um tratamento com anticorpos para ajudar o organismo a combater a infecção. Somente os que tiveram sintomas participarão dessa segunda etapa. É válido ressaltar que a pesquisadora da Universidade de Oxford, Helen McShane que está por trás da pesquisa, alega que os jovens só sairão da quarentena depois de estarem curados e não serem mais contagiosos.

Leia mais: Covid-19: Médicos relatam choque com UTIs lotadas de jovens

A cientista ainda afirma que essa nova experiência, deve revelar como o sistema imunológico reage, depois de uma primeira infecção do coronavírus, e como ele pode reagir em uma possível reinfecção. Com os resultados, novos testes podem ser feitos para identificar quem está de fato, protegido contra o vírus, ou não.

 
Susan Nogart
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Baixe Nosso Aplicativo

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui