30.2 C
Brasil
sexta-feira, 30 julho 2021
HomeTecnologia & CiênciaRobôs suíços usam luz ultravioleta para desinfetar aviões do coronavírus

Robôs suíços usam luz ultravioleta para desinfetar aviões do coronavírus

Uma empresa desenvolveu na Suíça, uma tecnologia diferente que usa robôs para esterilizar ambientes de aeronaves. A tecnologia foi desenvolvida pela empresa Uveya e embora ainda esteja em teste, há grandes chances desse novo método ser usado para desinfetar aviões contra o coronavírus.

O uso de luz ultravioleta, é fundamental no uso de novas tecnologias, principalmente para ajudar a restaurar a confiança dos passageiros. A ideia é que o turismo e a indústria de viagens voltem a se movimentar, para evitar novos prejuízos.

A UVeya, ainda quer testar um pouco mais essa nova modalidade de desinfetar aviões, principalmente com o uso da luz. Os jatos são da Helvetic Airways, e os testes são realizados com robôs que ficam dentro do avião e fazem o trabalho durante 13 minutos.

Leia mais: Dólar faz preço do boi gordo subir mais uma vez e chegar a R$ 310

Tecnologia nova para desinfetar aviões

- Continua Depois da Publicidade -

De acordo com a empresa, essa tecnologia é antiga, porém perigosa. Sendo assim a ideia é eliminar o uso de pessoas usando a luz ultravioleta, pelos riscos a saúde. Sendo assim, os robôs foram desenvolvidos para executar essa função e solucionar esse problema. Permanecer durante muito tempo perto da luz, pode ser prejudicial à saúde e por isso, criar um sistema que fosse autônomo era a única saída.

A funcionalidade do sistema serve, principalmente para desinfetar aviões, como uma máquina totalmente funcional e inteligente. Os robôs devem funcionar de forma automática, para que o trabalhar nem precise ter contato com qualquer máquina que possa estar contaminada.

Além disso, mesmo que estiverem com alguém resquício de vírus os robôs passam por desinfecção depois do trabalho. Todo esse processo, além de ajudar a dar mais confiança para o viajante, também iria ajudar a manter os locais mais seguros para a própria tripulação, eliminando vestígios químicos dentro das cabines e nos assentos. Segundo o cofundador da ideia e da tecnologia de desinfetar aviões, essa possivelmente se tornaria uma tecnologia iniciante, para outras iniciativas.

 
Susan Nogarthttps://manchetesdodia.com/
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui