Com três objetivos e time misto, Goiás enfrenta Brasiliense pela Copa Verde

102
Com três objetivos e time misto, Goiás enfrenta Brasiliense pela Copa Verde
4.7 (93.33%) 3 voto[s]

Depois de seis jogos sem vencer no Brasileirão da Série A, quatro derrotas e dois empates, e uma mudança de técnico, o Goiás entra em campo, nesta quarta-feira (14), com o propósito de interromper a fase negativa, dar ritmo aos jogadores que não vem sendo aproveitado e de olho em uma vaga direta nas oitavas da Copa do Brasil 2020. O duelo está marcado para, às 15h, no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga-DF.

Mesmo sendo liderado por Ney Franco nos treinos que antecederam o jogo, o comando da equipe, na estreia da Copa Verde, ficará sob responsabilidade do auxiliar, Lauro Martins. Na entrevista coletiva, Lauro afirmou que o objetivo é acompanhar o sistema tático que foi iniciado por Ney na última semana e usá-lo como espaço de recuperação do time no Brasileirão.

“O Brasileiro da Série A realmente é a competição mais importante. Temos que participar da Copa Verde e na medida do possível não deixar que atrapalhe a sequência no Brasileiro”, reforçou Lauro Martins.

Lauro Martins já comandou o Goiás, em algumas oportunidades, sempre em chegadas e saídas de treinadores. Uma delas foi em setembro de 2007, quando enfrentou o Arsenal (ARG), em jogo de ida pelas oitavas de final da Copa Sul Americana.

Uma das novidades na formação, confirmada por Lauro, é a presença do atacante Rafael Moura que vem buscando o ritmo de jogo após longo período afastado. O time titular será formado por Marcelo Rangel; Yago Rocha, Iago Mendonça, Heron, Marcelo Hermes; Geovane, Jean Carlos, Renatinho, Marcinho; Rafael Moura e Giovanny Bariani. Kevin, Leo Sena e Ricardo Verza ficarão no banco.

A lista de desfalques é grande para este compromisso: o zagueiro Paulo Ricardo e o volante Gilberto não foram convocados, pois estão na transição entre departamento médico e físico. Giovanni Augusto teve a confirmação de uma contusão muscular e ficará cerca de 15 dias em tratamento. Rafinha, com luxação no cotovelo, para por 15 dias. Daniel Guedes, com entorse de tornozelo, está vetado para quarta-feira, mas é dúvida para jogar contra o Bahia.

Continuar Lendo

O técnico Ricardo Antônio teve algumas dificuldades relacionadas a atletas no departamento médico para montar a equipe que enfrentar o Goiás pela Copa Verde. O lateral direito Alex Murici, o volante Aldo, o meia Edno e o atacante Jóbson, todos estavam sob os cuidados médicos.

A tendência é que a escalação seja: Edmar Sucuri; Alex Murici, Lúcio, Badhuga e China; Aldo (Radamés), David Manteiga, Peninha e Edno; Romarinho e Jóbson.

Em 2019, o Brasiliense disputou o estadual quando terminou com o vice-campeonato e parou na segunda fase da Série D do Brasileirão quando foi eliminado pelo Vitória-ES. Na Copa Verde, o Jacaré estreou contra o Vitória e, desta vez, eliminou após dois empates sem gols no tempo normal.

As duas equipes se enfrentaram pela última vez, em abril de 2009, pela Copa do Brasil. O verde venceu os dois jogos. A última vitória do time do Distrito Federal foi em julho de 2005, pela Série A do Brasileiro, no estádio Serra Dourada. Os gols do time candango foram marcados por Alex Oliveira, Iranildo e Marcelinho Carioca. Roni descontou para o time goiano.

Ingressos: Os preços estão definidos em R$ 10 para o setor de arquibancadas e R$ 20 para o setor de cadeiras

Brasiliense: Edmar Sucuri; Alex Murici, Lúcio, Badhuga e China; Aldo (Radamés), David Manteiga, Peninha e Edno; Romarinho e Jóbson. Técnico: Ricardo Antônio.

Goiás: Marcelo Rangel; Yago Rocha, Iago Mendonça, Heron, Marcelo Hermes; Geovane, Jean Carlos, Renatinho, Marcinho; Rafael Moura e Giovanny Bariani. Técnico: Lauro Martins.

Fonte: Sagres Online (Blogue)